Esqueça Plebe Rude, Legião Urbana ou Capital Inicial. Zumbis, vampiros e lobisomens são as próximas estrelas do rock brasiliense a conquistar o Brasil. Ou verdadeiros monstros do rock, se você preferir. Pelo menos entre o público infantil. É o que garante a Banda Tumba la Catumba. Com muito humor e leveza, o grupo apresenta músicas infantis adaptadas ao rock and roll, com letras que falam de modo especial sobre Brasília, brincadeiras, alimentação, hábitos saudáveis e reciclagem.

“Além do rock, passeamos por diversos ritmos musicais, como nas releituras inusitadas de cantigas de roda, que as crianças adoram”, comenta Rogério Almeida, integrante da banda de monstros, que apresenta composições próprias e novos arranjos para músicas de domínio público, em um verdadeiro mosaico da cultura musical atual do Distrito Federal.

Criado no final de 2009, o grupo tem em seu elenco músicos profissionais e atrizes conhecidos da cena artística de Brasília, cada um devidamente caracterizado como personagens dos clássicos de terror, como o Lobsbom, um lobisomem, Elvira a vampira, Frankistina, Escamoso, Zé Zumbi e Monstralilica. “Somos uma banda de monstros cada um diferente do outro, por isso nos consideramos inclusiva”, brinca Rogério.

A criançada vai se divertir com canções como Simbora Menino, Rap RA, Sopa de Letrinha, Brasília Cidade Menina, Bolacha Maria e o delicioso blues Dever de Casa, que narra, com bom humor, os conflitos de um menino que quer passar o dia fazendo “qualquer coisa, tudo menos fazer dever”.

As músicas farão parte do primeiro CD da banda que será lançado em 2018. Durante o show, a plateia se diverte também com histórias, parlendas e brincadeiras interpretadas pelo grupo. “Um show cênico musical para toda a família”, afirma a atriz Anna França, que também assina o roteiro cênico do espetáculo.

A turnê patrocinada pelo Fundo de Apoio à Cultura contempla shows nas unidades da Livraria Cultura de São Paulo (21 e 22/10), Rio de Janeiro (28 /10), Recife (4 e 5/11), e Brasília (03 e 04/02/2018). A banda também se apresenta no Sesc Arsenal em Cuiabá (dia 12 de outubro) e no Memorial Vale, em Belo Horizonte (dia 15 de outubro). O projeto prevê ainda a produção de videoclipes, um novo site e aplicativo para dispositivos móveis. Se depender do sucesso de público da capital federal, a turnê nacional vai ser monstruosa!

Sinopse do show

A banda Tumba La Catumba desenvolve há oito anos um trabalho voltado para o público infantil, levando uma mistura de ritmos para as crianças, com forte influência do rock, mas passando por ritmos brasileiros como o coco, a ciranda, o frevo, entre outros, além de ritmos como o Rap e o Funk. A banda tem uma proposta cênico musical, na qual seus integrantes representam personagens de histórias de terror. No show além de músicas autorais e arranjos especiais para músicas de domínio público, há contação de histórias e brincadeiras musicais.

Repertório Base

  • Tumba La Catumba;
  • Sopa de Letrinha;
  • A Cobra;
  • A Barata;
  • História Dedo Sangrento;
  • Dever de Casa;
  • Andar de Trem (Brincadeira Musical);
  • Rap RA;
  • Brasília Cidade Menina;
  • Lixo;
  • Bolacha Maria;
  • Simbora Menino;
  • Festa no Céu;